//Boletim Julho 2012

Boletim Julho 2012

2012-10-26T18:41:45+00:00julho 13th, 2012|Boletim|

“Não existe prioridade maior do que esta: reabrir ao homem atual o acesso a Deus, ao Deus que fala e nos comunica o seu amor para que tenhamos vida em abundância.” Bento XVI (Carta Apostólica Verbum Domini)

Este é apenas o editorial do Boletim de Julho de 2012.
Você pode baixar o boletim na íntegra ao final deste texto (anexo).

 

Graças à generosidade de vocês podemos celebrar este ano um jubileu “redondo”: uma edição global de 50 milhões de exemplares da Bíblia das Crianças “Deus fala a seus filhos”. Desde 1979 o livrinho vermelho, com suas ilustrações tão apreciadas justamente pelas crianças, tem sido distribuído em 140 países do mundo. Traduzido em 172 idiomas – como konkomba em Gana, mapudungun no Chile, ou tetum em Timor Leste, a Palavra de Deus chega até aos menores e mais pobres nos últimos recantos do mundo. Para eles, a Bíblia das Crianças é muitas vezes o único livro que eles possuem ou que podem ler na sua língua pátria. Um bispo africano nos disse: “O homem necessita do pão para viver, mas ele precisa da Palavra de Deus para querer viver.”

Na Sagrada Escritura Jesus se revela a nós, Ele que é a Palavra de Deus viva, que é a Verdade e a Vida eterna. Por isso são Jerônimo diz: “Não conhecer a Escritura significa não conhecer a Cristo.” Embora a Palavra de Deus permaneça imperscrutável em toda a sua profundidade, Jesus falou de modo tão simples através de imagens da natureza, por meio de contos e de parábolas, que até as crianças podem compreendêlo. Uma menina doMéxico disse, na aula de religião: “Toda noite, antes de eu dormir, minha avó lê para mim e me explica uma história da Bíblia. Eu acho isso muito melhor do que ficar assistindo televisão.” E um menino comentou, depois que recebeu a “sua” Bíblia das Crianças, que ele agora poderia levar para casa: “Que livro bonito. Histórias tão bonitas! Eu digo a Deus que eu quero ser missionário, para poder falar da Palavra dele a todas as pessoas.”

A fé simples das crianças é capaz de entender as palavras e os mistérios mais profundos de Deus e também transformá-los em atos. Para os “sábios e prudentes deste mundo”, Jesus nas Escrituras fica escondido, mas aos corações simples ele se manifesta. São Serafim de Sarow (1759-1833), um dos santos mais venerados da Rússia, já se lamentava, na sua época: “Nos nossos dias a fé sagrada se tornou tão tíbia, e a indiferença diante de Deus tão grande! Afastamo-nos muito, muitíssimo da verdadeira vida cristã. Por isso, muitas palavras da Sagrada Escritura se tornaram totalmente estranhas a nós. Essa incompreensão se deve ao fato de que, por um suposto iluminismo, nos emaranhamos em tal escuridão de desconhecimento, que para nós hoje ficou incompreensível o que os antigos ainda compreendiam tão claramente.”

Caros amigos, peçamos ao Espírito Santo que nos revele a Sagrada Escritura, que é dirigida a cada um de nós como uma carta de amor de Deus, a fim de que nosso coração possa arder por Deus e pelo próximo.

Leave A Comment